A redação

Mesmo com sua avançada idade e um conhecido histórico de falcatruas e jogo sujo no mundo do futebol, Mario Celso Petraglia não cansa de aprontar as suas. Desde o começo do ano, o presidente atleticano tem ignorado os meios de comunicação oficiais do seu clube e dado declarações polêmicas apenas usando seu twitter. Porém, nenhuma declaração em 140 caracteres poderia ser tão abusiva, desrespeitosa e profanadora quanto à carta escrita pelo presidente atleticano e divulgada nesta segunda feira, na qual o mesmo dispara milhares de mentiras e atenta contra a santidade de Vilson todo-poderoso.

Petraglia – Blasfemando contra Vilson

A carta de MCP está repleta de inverdades e ataca um cidadão de bem que, neste momento, luta contra uma séria doença (câncer no intestino). Segundo o presidente atleticano, o dirigente alvinegro teria feito um suposto acordo pra liberar o monumental Couto Pereira para a realização dos jogos do Atlético na Série A. Tal afirmação é claramente caluniosa, pois o Coritiba jamais liberaria o estádio pro seu coirmão, ainda mais no ano em que o Coritiba deve voltar para a segunda divisão após fazer sua tradicional passagem de dois anos pela série A. Impossibilitado de dar uma resposta digna, Vilson se limitou a dizer para um jornal da cidade: “É tudo mentira.” – palavras que são muito mais confiáveis do que as de um senhor com a reputação suja de Mário Celso Petraglia.

Notícias relacionadas:

– Jogadores do Coritiba esquecem que a arbitragem não era paranaense e reclamam gol impedido contra o Inter

– Atlético vai a Joinville – a Jerusalém coxa-branca – e goleia com ajuda da arbitragem

– Torcida do verdão promete quebrar Couto Pereira no próximo jogo para mandarem o resto do campeonato em Joinville e forçarem o Atlético a ir jogar em um estádio mais distante

Procurado pela redação do Investidor, Vilson Ribeiro de Andrade prometeu fazer um pronunciamento com exclusividade ao site até as 18:00 do dia de hoje. Já são 20:13 no momento e estamos aqui esperando ele. Mas sabemos que ele virá, pois o homem forte do Coritiba não descumpre sua palavra.

Anúncios